• Minuano

Seu currículo também tem este defeito?



Há alguns meses passei a maior parte de um final de semana avaliando currículos dos candidatos à próxima turma da Minuano, um programa de mentoria voluntário para jovens do sul do Brasil que estão ingressando no mercado de trabalho.

Dois fatos me saltaram aos olhos: primeiramente, a qualidade dos inscritos! Diversos jovens com histórias de superação e empreendedorismo buscando apoio para crescer e realizar seus sonhos grandes!


Contudo, sabe o que mais me chamou a atenção? A maioria dos currículos tinha um mesmo defeito: não valorizavam ao máximo as experiências do candidato.


Li o currículo de estudantes que fundaram startups, dirigiram empresas juniores, trabalharam no exterior… Porém, salvo raras exceções, estas experiências eram descritas com bullet points, listando as responsabilidades do autor. E só.


Se você também tem um currículo assim, saiba que pode fazer muito melhor! Basta aplicar uma fórmula bastante simples:


Realizei X medido por Y fazendo Z.


Ou seja, diga o quê você fez (X), utilize números ou exemplos comparativos para medir seus resultados (Y) e conclua descrevendo como você fez (Z). Tenha apenas o cuidado de não revelar informações confidenciais.


A fórmula é de Laszlo Bock, ex-VP de "People Operations" do Google, apresentada em seu artigo Minha Fórmula Pessoal para um Currículo Vencedor (My Personal Formula for a Winning Resume), que chamo aqui de fórmula vencedora.


É uma fórmula simples, até trivial, mas que faz toda a diferença! Vou demonstrar com um exemplo adaptado do artigo original. Abaixo, segue uma descrição tradicional sobre uma experiência como Gerente de Logística:


Cinco anos de experiência com cadeias de fornecimento, gerenciando operadores logísticos terceirizados. Redução de custos operacionais.


Agora, uma descrição para o mesmo cargo, aplicando a fórmula:


Reduzi em 30% os custos de logística ($900k) em cinco anos através da redução de devoluções (-8%), de horas extras (-7%) e de inventário (-5%) e terceirizando atividades (-10%).


Ambos os currículos podem descrever exatamente o mesmo profissional. Mas qual dos dois você acha que será chamado para uma entrevista?


Vou trazer agora um exemplo pessoal e provavelmente mais próximo da realidade do público universitário, sobre minha atuação como Diretor Comercial na Feira de Oportunidades da UFRGS. Primeiro, um exemplo típico, com uma lista de responsabilidades que se aplicaria a qualquer diretor comercial em uma empresa júnior. Na sequência, aplico a fórmula vencedora.


Gerenciamento da equipe comercial, treinamento de novos membros, preparação de reuniões semanais e prospecção de empresas.


Dobramos nossa receita (+R$ 80.000) e aumentamos o número de empresas participantes de 23 para 34 graças à implementação de uma nova estratégia de precificação e de novas práticas de gestão de projeto que aumentaram a eficiência da equipe.


No segundo item digo o quê fizemos (aumentar a receita e o número de empresas participantes), trago métricas (dobrar, R$ 80.000, 23 a 34) e explico como atingimos esses resultados (estratégia de precificação e práticas de gestão). Optei ainda por usar o plural, pois quis destacar que os resultados foram fruto de um trabalho em equipe.


Uma verificação rápida que gosto de usar é a seguinte: a descrição de suas experiências também poderia se aplicar a algum colega de trabalho? Talvez aquela pessoa que senta ao seu lado, ou alguém que exerce a mesma função, mas em outra equipe? Nesse caso, ela provavelmente está genérica demais.


Fica então minha recomendação: utilize a fórmula vencedora e construa um currículo que realmente valorize suas experiências!


--


Fernando trabalha como Site Reliability Engineer no QuintoAndar, uma das startups de maior destaque no Brasil. Antes disso, atuou na Hewlett Packard Enterprise, desenvolvendo soluções de ponta para gestão de datacenters. Fernando é formado em Engenharia Elétrica pela UFRGS e pela École Centrale Paris. LinkedIn.

268 visualizações
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
marca2_positivo.png